Home

RESÍDUOS SÓLIDOS - O QUE PODE E O QUE NÃO PODE SER RECICLADO

    08 Novembro 2018

Resíduos sólidos, popularmente chamados de lixo, são os materiais descartados ou eliminados na atividade humana por serem considerados sem utilidade ou supérfluos, mas que podem ser reciclados ou reaproveitados. E para que os resíduos sólidos sirvam a esse fim, eles são classificados de acordo com a sua origem, tipo, composição química e periculosidade.
 
Na classificação pelo tipo, os resíduos sólidos podem ser categorizados como Recicláveis e Não Recicláveis.
 
Como resíduos sólidos Não Recicláveis, podemos identificar o lixo orgânico (restos de comida, cascas de legumes e ovos); resíduos contaminantes; resíduos hospitalares; lixo químico ou tóxico e rejeitos de papeis descartáveis já utilizados, entre outros materiais.
 
Como regra geral, podem ser reciclados os papéis, plásticos, vidros e metais, mas todos eles possuem exceções, dependendo do produto gerado com esses materiais. Confira!
 
PAPEL
Reciclável: jornais e revistas, aparas de papel, papel sulfite/rascunho, listas telefônicas, caixas em geral (papelão ondulado), papel de fax, folhas de caderno, formulários de computador, fotocópias, envelopes, cartazes, embalagens longa vida.
Não Reciclável: etiquetas adesivas, papel fotográfico, papéis plastificados ou parafinados, papel carbono, papel celofane, fita crepe e papéis descartáveis já utilizados (lenços, fraldas, absorventes, guardanapos, toalhas, papel higiênico).
 
PLÁSTICO 
Reciclável: embalagens pet (refrigerantes, suco, óleo, vinagre, etc.), copos, sacos e sacolas, frascos de produtos, tampas, potes, canos e tubos de PVC e embalagens longa vida.               
Não Reciclável: cabos de panelas, adesivos, acrílico, espuma e embalagens metalizadas (biscoitos e salgadinhos).
 
METAIS
Reciclável: tampinhas de garrafas, latas, panelas sem cabo, ferragens, arames, chapas, canos, pregos, parafusos, ferramentas e embalagens longa vida.
Não Reciclávelclipes, grampos, esponja de aço, aerossóis, latas de tinta, verniz, inseticidas ou de solventes químicos.
 
VIDRO
Reciclável: garrafas, potes de conservas, frascos de remédios, copos, cacos dos produtos citados, para-brisas.                                       
Não Reciclável: espelhos, boxes temperados, louças, cerâmicas, óculos, pirex, porcelanas, tubo de TV e vidros especiais (tampa de forno e micro-ondas).
 
Devemos todos contribuir para a redução da poluição do meio ambiente, e extração de matéria-prima da natureza, separando e encaminhando nossos resíduos sólidos para a reciclagem.  O planeta e as próximas gerações agradecem. A Revita contribui para boa destinação dos resíduos sólidos!
 

Notícias Relacionadas